Como Operar Day Trade sem Gráficos – Volume Profile

Como Operar Day Trade sem Gráficos – Volume Profile

A maioria das pessoas, ao pensar na ideia de fazer day trade sem usar os gráficos, se imagina como se estivesse com um braço amarrado atrás das costas, andando na corda bamba com os olhos vendados, armado apenas com um canivete no meio de um tiroteio.

Será que fazer day trade sem usar gráficos é algo feito por apenas alguns traders loucos e corajosos ou estamos falando de algo plenamente possível e razoável? O fato é que estamos condicionados a usar o gráficos porque a maioria dos livros sobre trading, cursos e fóruns educacionais praticamente só falam sobre gráficos.

A grande falha em usar apenas gráficos, na minha opinião, é que eles podem nos enganar em relação à correta identificação de onde e como os outros participantes do mercado estão posicionados.

Então, se não estivermos usando gráficos, que informações devemos usar? Para exemplificar, peço que preste atenção na imagem abaixo. Nesta imagem, estamos olhando o “Volume at Price,” também conhecido como “Volume Profile”, que mostra o número de contratos negociados em cada faixa de preço. Considere o seguinte cenário:

                             Imagem 01 – Perspectiva do Gráfico e Volume Profile

 

 

Na análise tradicional baseada em gráficos, a curva abaixo e a curva acima agora seriam considerados suporte e resistência. O volume profile, por outro lado, conta uma história bem diferente. Podemos ver que os cinco preços da parte superior tem poucos contratos negociados, há muito poucas posições lá.

Similarmente, os quatro preços na parte inferior, tem muito poucos contratos negociados. As áreas de maior importância são aquelas onde a maioria das negociações ocorreu. Os 22000 contratos no topo da área de maior volume do Volume Profile são muito mais significativos do que os 23 contratos negociados no preço mais alto.

Antes de avançarmos, precisamos considerar o que esses números representam. Eles representam trades, é claro. Um trade ocorre quando um comprador fecha negócio com um vendedor. Então, os 22000 contratos negociados significam 22000 vendidos e 22000 contratos comprados.

Também temos que considerar o fato de que nem todos os compradores e vendedores têm o mesmo horizonte operacional ou metas. Assim, dos 22 mil compradores e vendedores, alguns serão:

  • Pessoas encerrando posições. Esses traders estão fora do nosso radar, não nos importamos com eles; eles não será forçados a reagir ao movimento dos preços no curto prazo (nosso foco é o day trading).
  • Posições de longo prazo. (maiores que o intraday) Nós realmente não nos importamos com esses traders. Eles também não reagirão às flutuações de preços de curto prazo. Eles estão estabelecendo posições de longo prazo e não reagirão às flutuações no intraday, a menos que haja uma grande correção.
  • Arbitragem/Spread Traders. Estes traders estarão dentro e fora do intraday, mas suas posições estão em dois ou mais mercados. Eles estão negociando a relação entre esses mercados, então eles estão assistindo esse relacionamento e não reagirão às flutuações em apenas um dos mercados em seu trade.
  •  Curto Prazo, Day Traders. Estes representam a maioria das negociações de muitos mercados. Com certeza no índice futuro americano. Esses traders reagirão às flutuações de preços de curto prazo e suas reações são razoavelmente previsíveis e bastante visíveis.

Isto é uma simplificação, mas, basicamente, podemos esquecer os traders de longo prazo e os traders de arbitragem e spread porque eles não reagem de forma previsível a flutuações de preços de curto prazo. Nem os traders que acabaram de sair. São as posições de curto prazo, day traders que darão o tom dos movimentos diários.

Claro, às vezes haverá dias direcionais e de forte tendência, dias de grande volume de notícias em que a compra/venda institucional está direcionando o preço. Porém, estes dias são minorias, e todos nós sabemos a maneira de agir nestes dias (não, não opere contra a tendência, fazendo preço médio, até zerar sua conta!).

Vamos considerar a imagem acima mais uma vez. Podemos ver muito volume negociado em mais de nove preços. Dos 22000 no topo da área de grande volume até os 5.000 na parte inferior, há 259000 contratos negociados. Alguns estarão dentro e fora, mas ainda há muitos day traders posicionados nessa área, tanto comprados como vendidos.

Se olharmos o impulso pela parte superior da área de maior volume, Vemos alguma evidência de que um dos lados desistiu ou parou? Bem, não. Se analisarmos o valor dos contratos negociados lá, são menos de 1400. Se temos centenas de milhares de posições vendidas em uma área e os vendedores ficam parados, eles vão comprando alguns para cobrir. Essa compra direcionará o preço violentamente, então esperamos ver um movimento maior com mais volume por preço.

Nessa situação, os vendidos ainda estão lá. À medida que retornamos ao topo da área de maior volume, o cenário mais provável é que retornaremos a esse intervalo, atravessar para o outro lado, e, em seguida, encontrar apoio na parte baixa da área de maior volume. Muitos traders têm feito operações confortáveis nessa área e não há nenhum sinal que tenha sido “stopado”.

Vamos considerar um cenário pouco diferente…

 

Neste caso, podemos ver um rápido movimento rompendo o topo da área de maior volume. Esses movimentos costumam disparar alguns stops e possuem certas características:

  • o movimento em si será rápido;
  • o número de contratos negociados em cada nível é definido pelo tamanho das ofertas lá;
  • Os traders stopados são atingidos antes que eles possam sair do caminho.

Entenda que estamos falando de um movimento rápido que consome rapidamente as ofertas, não um movimento lento e cadenciado em direção ao topo.

Já dissemos que na área de maior volume, temos posições tanto de comprados como de vendidos. Agora que tivemos este rápido movimento rompendo o extremo superior desta região de maior volume, alguns vendidos já stoparam suas posições. O restante dos vendidos estão nervosos. Os comprados, bem, eles estão bem…

Pense em como você se sentiria agora se você tivesse visto aquele movimento rápido rompendo o topo.

  • Se estivesse comprado: Você ficaria feliz; Talvez você tenha reduzido alguma posição. Você pode considerar agora a possibilidade de um movimento adicional para cima.
  • Se você ainda está vendido: Você não está feliz, você não saiu da sua posição e o preço subiu. Você está agora com os dedos cruzados, esperando que ele caia. Não é assim que você pode lucrar, mas para que você possa sair da posição.
  • Se você estava vendido e foi stopado: bem sua atitude varia de “estou bem com isso” to “eu sou um idiota”, Dependendo do seu nível de experiência e quão bem o seu tamanho da posição seguiu o seu plano de trade.

Se existe uma coisa que 99% das pessoas com posições vendidas não estão pensando neste momento é: “Se isso cair, eu vou vender um pouco mais”. Alguns saborearão a chance de comprar para sair zerado mesmo ou um pouco pior para sair de sua posição; Alguns ficarão mal-humorados por causa de seu loss; E os perdedores mais pragmáticos simplesmente estarão procurando a próxima oportunidade, não se deixando influenciar muito por esta perda recente.

O que estou falando pra vocês se trata nem tanto de “psicologia do trading”, mas sim a compreensão do processo de especulação. Após um “disparo de stops” como narrado acima, Quando o mercado voltar a subir um pouco, provavelmente os vendedores não se interessarão mais em negociar. Muitas vezes, voltamos ao ponto acima da área de maior volume e não há interesse vendedor.

A área de maior volume e o subsequente stop causam um “desequilíbrio futuro” no comportamento dos traders que favoreceu o lado da compra. Uma área onde havia uma boa chance de que os vendedores estivessem assustados, onde os compradores podem até adicionar a sua posição.

Peço que não tome minhas palavras como verdade, sem antes observar estes fenômenos por si mesmo. Você pode assistir isso nos mercados acontecendo todos os dias. Esse tipo de análise requer uma mudança de perspectiva, considerando-se não apenas a movimentação do preço em si, mas como os outros traders e participantes do mercado estão posicionados em relação à esta movimentação, onde as pessoas perderam dinheiro e como isso pode afetar sua tomada de decisão no curto prazo.

 

Peter Davies

Peter Davies é trader e educador internacional, especialista em Order Flow além de ser fundador e CEO da Jigsaw Trading, uma empresa que produz uma das melhores plataformas operacionas do mundo, a Jigsaw Daytradr, utilizada por grandes mesas proprietárias. Atua como colaborador educacional em palestras e webinars pra a TopstepTrader, futures.io entre outros.
Fechar Menu